We must separate political crisis of economic growth to resume, says Skaf

Em discurso para empresários Skaf também manifestou-se contra o aumento de impostos.
08/06/2016 14h49 - Updated 8/06/2016 14h49
Photo: reproduction

The president of the Federation of Industries of São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, he said today (8) that Brazil needs to regain the confidence to resume growth. Em discurso durante encontro que reuniu mais de 100 empresários com o presidente interino Michel Temer, Skaf manifestou-se contra o aumento de impostos e disse que, para o país voltar a crescer é fundamental separar a crise política da econômica.

Para alcançar esse objetivo, Skaf disse que é preciso reduzir os juros, expandir o crédito, acelerar as concessões de obras de infraestrutura e estimular as exportações. “Para retomar o crescimento, é fundamental confiança e, para que ela reapareça, algumas coisas são necessárias. First of all, temos que separar a crise política da economia. É necessário ter trilhos separados e que a economia siga seu trilho. Mas a economia tem que ter um trilho desimpedido para que realmente retome a geração de riquezas”, he said.

Sobre os juros, o presidente da Fiesp disse que um aumento sobrecarregaria o setor industrial e que são necessárias medidas para reduzir despesar e aumentar receitas. “Há muitos caminhos para reduzir despesas e aumentar receitas. Now, aumentar impostos em um momento em que a economia está enfraquecida e as empresas, falidas, isso significaria aumentar a inadimplência de impostos.”

Ministros

Para o secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), Moreira Franco, o Brasil enfrenta uma “crise de confiança brutal”. Ele também citou a importância da recuperação da confiança para a retomada do crescimento econômico e ressaltou que o governo não quer resolver “pela fantasia” e “pelo discurso” os problemas, but, sim, usando fundamentos macroeconômicos, mantendo o equilíbrio fiscal e, about everything, o controle da inflação.

Moreira Franco disse que há no país um ambiente de insegurança com a situação política, que ainda impede investimentos nas concessões, além de insegurança jurídica. “Os investidores não colocarão seus recursos enquanto não houver solução.” O secretário executivo PPI afirmou que o Brasil vai ter um governo com objetivos claros, no qual se pode confiar.

O ministro do Desenvolvimento, Industry and Foreign Trade, Marcos Pereira, informou aos empresários que vai discutir com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) melhoria no crédito à exportação. Segundo Pereira, estão em discussão no ministério medidas para desburocratização, redução de custos, aumento de investimentos e produtividade. “Assim geraremos mais empregos.”

The Minister of Finance, Henrique Meirelles, também participou do encontro, que teve a presença de representantes de segmentos como indústria, trade, farming, serviços e alimentos. Após o evento, the Presidential Palace, os empresários almoçam com o presidente interino.

Source: Agency Brazil


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use