09/06/2016 07h39 - Updated 9/06/2016 07h39

Amendment to the LDO provides Cultural Heritage Enhancement Program

A proposta foi apresentada na Câmara Municipal de Manaus esta semana.
Photo: reproduction

In order to create public policies that are implemented in the budget of the capital directed to the enhancement of cultural heritage, o líder do PV na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Everaldo Farias protocolizou esta semana a Emenda n° 01/2016 à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2017, que prevê a implantação de um programa de valorização do patrimônio cultural.

The proposal provides that in the recovery program is included a set of real estate of significant value, such as landscapes, historical sites, the architectural complexes and buildings of cultural interest – and immaterial or intangible assets of the city and region.

“The cultural values ​​of our city need to have more attention and to make it happen, the creation of a program that will aim to value each of them will help in the preservation of what is important for our region. It is necessary that they undergo a cataloging process, storage and protection. A people with memory has high self-esteem and pride in themselves. We can not let an important past behind, the story must be valued ", He explained the author of the proposal.

Procedimento
A Emenda elenca o processo para a criação do Programa de Valorização do Patrimônio Cultural. Are they: execução de inventário atualizado de todos os bens imóveis considerados de interesse cultural, já protegido ou não, em articulação com órgãos e entidades federais e estaduais de cultura e patrimônio; registro de manifestações culturais – tradições, hábitos, práticas e referências culturas de qualquer natureza, que conferem a identidade da população e dos espaços; aperfeiçoamento dos instrumentos de proteção dos bens de interesse cultural; estabelecer mecanismos de fiscalização dos bens culturais de caráter permanente, no âmbito da Prefeitura de Manaus, e articulada com as demais instâncias de governo, dentre outras medidas.

“A nossa história ficou muito tempo esquecida e isso permitiu o desleixo, a omissão e a destruição de várias edificações históricas, que hoje são lembradas apenas por fotos e relatos de pessoas antigas ou por aqueles que nunca esqueceram o passado. Whereupon, nossa emenda se faz necessária como bem de interesse social porque prioriza ações que contemplem a proteção e a valorização dos nossos bens culturais, de nossos patrimônios culturais”, concluded Everaldo.

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505