07/06/2016 12h51 - Updated 7/06/2016 12h51

Pauderney afirma que mesma régua usada por Janot para medir cúpula do PMDB devia ser usava com o PT

O deputado lembra que não foi decretada prisão de membros do PT que tentaram impedir a Lava Jato.
Photo: reproduction
Photo: reproduction

Congressman Pauderney Avelino (THE), afirmou nesta terça-feira (7), a news conference, que pedido de prisões do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, do presidente do Senado, Renan Calheiros, do senador Romero Jucá e do ex-presidente da República José Sarney, todos do PMDB são inerentes a prerrogativa do Procurador-Geral da República, quando identifica fatos graves que possam levar a pedidos de prisões, mas enfatizou que Rodrigo Janot deveria usar a mesma regra para também pedir a eventual prisão preventiva de membros do PT que quando estavam no Governo tentaram impedir as investigações da Operação Lava Jato.

Pauderney frisou que por meio dos depoimentos em delação do ex-senador Delcídio do Amaral e outras delações ficou clara a tentativa de obstruir as investigações. Ele citou algumas das formas usadas pelo PT para tentar atrapalhar a Lava Jato, como a tentativa de nomeação do ex-presidente Lula para ministro da Casa Civil e a nomeação de ministro para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Os áudios vazados de conversas da presidente afastada e do ex-presidente Lula são claras demonstrações de tentativas de obstruções. É preciso que a mesma régua tomada para medidas de prisões seja usada para todos”, destacou Avelino.

Source: AM POST Writing

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505