Supervision of transport will be strengthened in Carnival

Operações fixas e móveis fazem parte da fiscalização durante as festas de carnaval.
21/02/2017 12h24 - Updated 21/02/2017 12h24
Photo: disclosure

As part of inspection activities of road transport intercity passenger during the Carnival this year, the Regulatory Agency of Public Services Granted (Arsam), Amazonas Government body, performed, on Monday morning (20), on Highway Huascar Angelim, In Manaus, uma reunião com os representantes de associações e cooperativas de veículos de fretamento (taxis, ônibus e micro-ônibus) dos municípios Careiro Castanho, Careiro da Várzea e Autazes. Além dos ônibus rodoviários, a Arsam fiscaliza os veículos de menor porte, autorizados a realizar o serviço de fretamento, incluindo táxis, vans e micro-ônibus.

A organização do local de embarque e desembarque de passageiros, número de veículos de cada entidade, schedules, itinerários e documentação para um novo cadastramento dos veículos que realizam o afretamento de passageiros foram exigidos pela agência fiscalizadora. A Arsam realizará ainda audiência pública com as prefeituras de cada município.

A “Operação Carnaval Seguroterá como foco os destinos de maior fluxo de passageiros, como Manacapuru, Iranduba e Presidente Figueiredo, que terão fiscalização permanente em suas rodoviárias e outros pontos de saída e chegada de passageiros.

Operações fixas e volantesNos municípios de Rio Preto da Eva, Itapiranga e Itacoatiara, além da presença da agência nas rodoviárias, ocorrerão operações fixas e volantes em rodovias de maior acesso aos municípios da Região Metropolitana. Serão realizadas fiscalizações noturnas nas barreiras de saída da capital, como a da Ponte Rio Negro e do entroncamento das rodovias BR-174 e AM-010, in partnership with the State Department Amazon Transit (DMV-AM), Federal Highway Police, Military and Civil Police Police. Serão conferidos os itens obrigatórios de segurança dos veículos, documentação e lotação adequada, o cumprimento de horários e gratuidades aos usuários isentos de tarifa.

In the same period last year, foram fiscalizados mais de 400 saídas de ônibus da Rodoviária Huascar Angelim, o que resultou em mais de 600 gratuities to the elderly, pessoas portadoras de deficiência e menores. More of 10 mil passageiros utilizaram o sistema público de transporte intermunicipal via linhas regulares de ônibus. The barrier and Ponte Rio Negro, foram interceptadas mais de 800 viagens e mais de dois mil táxis foram fiscalizados. Near 300 ônibus que passaram pela ponte foram fiscalizados novamente, pois já saem vistoriados da rodoviária.

Free for people with disabilities, smaller and older children 10 years - In compliance with the relevant legislation, reinforced by Law 3.006/2005 and Resolution 002/2009 / Arsam, is free shipping guaranteed, and the sale with discount 50% of the ticket price, for people with disabilities, elderly over 60 years, children under 10 years, if accompanied by responsible, duty police, disability retirees and properly uniformed students, only during the school period.

To ensure full or partial exemption from tariff, the passenger must prove income equal to or less than two minimum wages, presenting any related document. You should also make a reservation, with at least three hours prior to departure with the company's booth chosen. If occupied the two available places must by companies, the fee to be charged should correspond to 50% the value of the ticket. It is not permitted to carry standing passengers. On the ticket or bus ticket must contain the line to the destination city, the date and the departure and arrival times, that must be strictly adhered to and start at 5 am till 23:30.

Complaints or claims may be sent directly to the tax Arsam the barrier footholds, Highway Huascar Angelim and Rio Negro Bridge and personally registered in the São José do UAI Shopping CAP Agency Ombudsman, or by 0800 280 8585 during business hours.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use