Amazon stands out among foreign investors

The large amount of natural resources, the strategic location in América do Sul are some of the items that attract international investments that will generate employment in the region.
02/06/2017 14h43 - Updated 3/06/2017 10h34
Photo: reproduction

No momento em que a economia começa a dar sinais de recuperação no Brasil, o Amazonas ganha destaque entre os investidores internacionais. This week, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2017, evento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) realizado em São Paulo, empresas e organizações de 10 países demonstraram interesse em investir no Estado, principalmente na Zona Franca de Manaus.

Por meio da Secretaria de Estado de Planejamento, Development, Science, Technology and inovation (Seplancti), o Estado iniciou tratativas com empresas da Austrália, China, South Korea, Spain, U.S, France, Italy, Japan, Mexico, New Zealand, interessadas, mainly, em investir em áreas como mineração, infrastructure, energia e na instalação de fábricas no Polo Industrial de Manaus (PIM), o que representa criação de novos postos de trabalho. Between 2015 e 2016, o Amazonas registrou perda de 40 thousand jobs.

De acordo com o secretário da Seplancti, Jorge Júnior, a grande quantidade de recursos naturais, a localização estratégica na América do Sul e principalmente a legislação de incentivos fiscais da Zona Franca são alguns dos itens que mais atraem investimentos internacionais na região. “A economia está se recuperando e a confiança dos investidores de outros países começa a crescer junto com essa movimentação positiva”, evaluated.

Still according to him, para o mercado internacional, o retorno do capital investido no Brasil, em especial na Amazônia, tende a ser até seis vezes maior que em outros países. “O momento é promissor. O interesse de outros países demonstra estabilidade e a confiança que essas empresas e organizações mundiais têm no Amazonas”, completed.

Entre as principais empresas que já sondam um espaço no mercado amazonense, estão a chinesa ZNShine Solar, especializada em energia e a neozelandesa Gravel Lock, de infraestrutura. Besides that, organizações como a Agência de Promoção de Investimentos do Japão (Jetro), Agência de Investimentos Mexicana (Pró México) e a Câmara de Comércio Brasil-China também já iniciaram as articulações para conhecer o mercado interno amazônico.

“As tratativas começaram e devem avançar com reuniões e visitas feitas no Estado e em São Paulo. Vale lembrar que neste momento, além dos benefícios fiscais, os ativos como terrenos para construção de fábrica estão mais baratos no Amazonas, o que torna as tratativas ainda mais promissoras”, revelou Jorge Júnior.

Tratativas
Vale lembrar que não é de hoje que o Amazonas chama a atenção de grandes investidores do mercado internacional, o que inclusive garantiu que o Estado terminasse o ano de 2016 entre as três unidades da federação com melhor estabilidade fiscal. Do final do ano passado a abril deste ano, empresários e representantes de pelo menos cinco outros países demonstraram interesse em investir aqui.

For example, in April this year, projetos para a exploração de potenciais negócios nos setores de pesca esportiva, mineração e fitofármacos foram apresentados para investidores de Dubai nos Emirados Árabes Unidos e do Japão, durante as rodadas de negócios realizadas em Abu Dhabi.

Forum
Durante o Fórum, o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, falou sobre a retomada do crescimento e que, apesar de o país ter enfrentado dois anos de recessão, segue sendo a nona maior economia do mundo, à frente de grandes países como Austrália, Canadá e Rússia. E apontou que, após esse período, in 2017 o país volta a crescer e a ter êxito em controlar a inflação. O evento reuniu investidores de mais de 42 países e de 22 setores da economia.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use