Sinetram enters action in the Regional Labor Court to prevent the strike of road

Segundo o Sinetram não existem motivos para mais uma paralisação.
20/06/2017 15h07 - Updated 21/06/2017 12h10
Photo: reproduction

The Union of the State of Amazonas Passenger Transport Companies (Sinetram) vai ingressar, on the afternoon of Tuesday (20), com uma ação junto ao plantão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), para impedir mais uma greve do Sindicato dos Rodoviários, scheduled for Wednesday (21). O Sinetram foi notificado na tarde desta segunda (21).

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM) tomou a decisão durante a realização de uma assembleia geral da categoria. A informação foi divulgada nesta terça-feira (20), by note.

De acordo com o documento assinado pelo vice presidente do Sindicato, Josildo de Oliveira, a paralisação tem a finalidade de cobrar o devido reajuste salarial anual. Apesar ter sido confirmado em acordo firmado em reunião, os rodoviários não obtiveram formalização por parte do Sinetram do que foi discutido durante o ato.

“As empresas estão honrando todos os compromissos com seus colaboradores e por isso não veem motivos para mais uma greve, em que o principal prejudicado é a população usuária do serviço. Estamos trabalhando para impedir a greve e esperamos uma decisão favorável da justiça”, explica o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges.

O transporte coletivo de Manaus opera com dez empresas, in 221 lines, e transporta em média 800 mil pessoas por dia.

AM POST Writing


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505