Supreme Court acquits deputy Alfredo Nascimento of forgery charges

The congressman was accused of falsehood in providing electoral accounts when he was Senate candidate, in 2006. Ministers understood that the case does not characterize a criminal offense.
13/06/2017 19h41 - Updated 13/06/2017 19h41
Photo: reproduction

The First Chamber of the Supreme Court (STF) absolveu hoje (13) o deputado federal Alfredo Nascimento (PR-AM) da acusação de falsidade ideológica. Unanimously, o colegiado entendeu que o parlamentar não pode ser punido criminalmente por ter omitido gastos da prestação de campanha eleitoral ao Senado em 2006.

De acordo com denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), Nascimento deixou de declarar em sua prestação de contas na Justiça Eleitoral cerca de R$ 15 mil em despesas com cartazes e banners. Ao julgarem a denúncia, os ministros entenderam que a conduta não constitui infração penal.

In the process, a defesa de Alfredo Nascimento alegou que o parlamentar não tinha conhecimento sobre os gastos e, that is why, não poderia declará-los.

Agency Brazil


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505