Besides Temer Janot complaint mentions Eduardo Braga

The Amazonas Senator, It is quoted by bribe-taking in 2014 in exchange for support to PT.
03/07/2017 18h31 - Updated 4/07/2017 11h59
Photo: Geraldo Magela / Agência Senado

The Attorney General of the Republic, Rodrigo Janot, presented on Monday (26), the Supreme Court, complaint against President Michel Temer and his aide, Rodrigo Rocha Loures, by passive corruption. A acusação tem como base as denúncias que vieram à tona com a delação da JBS.

Além de Temer e seu assessor a denuncia também menciona outros 14 políticos entre eles o senador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB) por recebimento de propina em 2014 in exchange for support to PT.

Esses pagamentos foram retirados da conta-corrente da propina para o PT decorrentes dos negócios conseguidos com o BNDES por intervenção de Guido Mantega”, escreveu Janot na denúncia.

As citações, However, não são acusações formais. Cada caso deve ser investigado de maneira separada, em outros processos.

A Câmara dos Deputados deu início na última quinta-feira (29) ao processo que determinará se o Supremo Tribunal Federal (STF) poderá ou não investigar o presidente Michel Temer pelo crime de corrupção passiva, a partir da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A Constituição Federal determina que, para ser autorizada a abertura da investigação contra um presidente da República, are necessary votes of 342 MEPs, that is, dois terços dos membros da Casa. Otherwise, o Supremo não pode dar continuidade ao processo.

A partir do recebimento e da leitura da denúncia na Câmara e da notificação ao acusado, etapas que ocorreram na quinta-feira, deverão ser seguidos ritos e prazos previstos na Constituição e no Regimento Interno da Casa até a decisão final em plenário.

AM POST Writing


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505