TRE-AM leaves former mayor and former deputy mayor of Pauini ineligible for abuse of economic power and political

The two will be ineligible for eight years, after the date of conviction, in addition to paying a fine of title in the amount of R $ 40 one thousand (each).
05/08/2017 11h34 - Updated 6/08/2017 13h09
Photo: reproduction

O Tribunal de Justiça Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), decidiu condenar a ex-prefeita e o ex-vice-prefeito do município de Pauini, respectivamente Maria Barroso da Costa e Antônio Justo Salvador, this Friday (04), pela prática de abuso de poder econômico e político referente à eleição 2012 e ficarão inelegíveis por oito anos, after the date of conviction, in addition to paying a fine of title in the amount of R $ 40 one thousand (each).

According to the complaint, in election 2012, os chefes do executivo municipal daquele município e seus servidores realizavam doações de madeira, telhas de alumínio, basic baskets, cash, além de serviços carpintaria, a eleitores para angariar apoio em favor de suas reeleições.

Em seu posicionamento, o juiz da 1ª Vara de Maués, Rafael Almeida Cró Brito, que também responde pela Justiça Eleitoral da Comarca de Pauini, informou que foi constatado que a conduta representa um entrelaçamento entre o abuso de poder econômico e político, causado, por meio do uso da máquina pública, então comandada por Maria Barroso da Costa, a fim de mantê-la no poder.

Still according to him, os fatos que culminaram na cassação dos mandatos dos investigados apresentam também prática de abuso do poder econômico e político, por ter usado a máquina pública com o objetivo de beneficiar eleitores, para perpetuar no poder da administração.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aeje) foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral atuante na 44ª Zona Eleitoral – Pauini/AM.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use