Troca de farpas e indiretas marcam último debate de TV do primeiro turno

Candidates vying for the post of governor of Amazonas had heated discussions and spared attacks.
04/08/2017 09h33 - Updated 4/08/2017 17h17
Photo: reproduction

O debate político promovido pela Rede Amazônica na noite desta quinta-feira (04) já começou com indiretas, acusações e troca de farpas entre os candidatos a governador do Amazonas na eleição suplementar marcada para este domingo (06).

A resposta da primeira pergunta do debate foi dada pela candidata Liliane Araújo que já veio com ataque ao cacique Amazonino Mendes que a fez um questionamento sobre a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e com indiretas a sua concorrente Rebecca Garcia.

A repercussão da impugnação apresentada contra o registro de Rebecca Garcia, feita por Liliane Araújo (PPS) fez a candidata pisar no freio nos ataques diretos à candidata adversária. Nem por isso Rebecca deixou de ser alvo. Wilker Barreto direcionou a maioria de suas perguntas a candidata e destacou deficiências que ele enxerga em sua gestão na Suframa.

Or candidate, Jose Ricardo (PT), não pegou leve com nenhum dos lados. Foi para perguntas de confronto para os três primeiros colocados nas pesquisas eleitorais.

O ponto alto da discussão entre os candidatos foi quando se pôs na roda o tema corrupção e a operação lava-jato. O petista José Ricardo ao ser questionado sobre sua participação no partido mais corrupto do país não deixou barato e atirou para todos os lados.

Outro momento polêmico do debate foi quando Marcelo Serafim (PSB), em réplica a Eduardo Braga (PMDB) a respeito do tema “mobilidade urbana”, afirmou que nem mesmo o seu vice Marcelo Ramos (PR) o respeita.

“O cara te chamou de ladrão. Ele fala pelos quatro cantos que só aceitou ser seu vice porque você vai ser preso pela Lava Jato”, said Marcelo Serafim, acrescentando ainda que Ramos mandou Braga “ajoelhar no milho” no pleito passado, na época seu adversário político. In response, Braga afirmou ter 30 anos de política e ser ficha limpa.

O único candidato que não participou do debate foi Jardel Deltrudes (PPL), por falta de representatividade do partido na Câmara Federal. O debate estava previsto para iniciar às 22h, mas começou atrasado às 22h50.

AM POST Writing


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505