After defeat Eduardo Braga again calls on the courts to take over the government of Amazonas

He maintains that it should take over from José Melo, impeached by vote buying, to have been second in dispute 2014.
08/09/2017 10h25 - Updated 9/09/2017 14h53
Photo: Antonio Lima

Senator Eduardo Braga (PMDB), que acumula em seu currículo a derrota na eleição de 2014 e agora no pleito deste ano, apresentou recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) no processo que cassou José Melo (Pros) e definiu eleição direta.

De acordo com site da Justiça Eleitoral o recurso extraordinário foi apresentado na terça-feira (5), às 11h57. A ação do senador veio após ele ter declarado que não iria questionar na justiça a eleição suplementar para governador do Amazonas.

Braga pede a reforma do acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou a realização de eleições diretas no Amazonas no dia 4 May this year. E pede em seguida que seja reconhecido o direito de como segundo colocado na disputa de 2014 ser diplomado e empossado governador do Estado.

Quem analisa o recurso é o STF, porém a legislação determina que o instrumento jurídico seja endereçado ao TSE, onde o presidente da corte é quem verifica a adminissibilidade. Somente após essa fase – onde o presidente diz se admite ou não o argumento utilizado pelo político, é que o recurso é enviado ao Supremo.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505