Woman says she was hired to assault salon and was surprised hairdressing murder

The accused said in a statement it would receive R $ 500 the service.
11/09/2017 11h54 - Updated 12/09/2017 12h10
Photo: reproduction

Gessica Alves Garlic, 24, He said that was hired by third parties to carry out assault and not to participate in the murder of hairdresser and makeup artist John Felipe Martins de Oliveira, 22, occurred on 30 de agosto deste ano em um salão de beleza localizado no conjunto Vieiralves, bairro N. S. das Graças, in the city's South-Central Zone. Ela foi apresentada na manhã desta segunda-feira (11) the Specialized Police Homicide and Kidnapping (Dehs), In Manaus.

According to the delegate Juan Valerio, titular da DEHS, a acusada afirmou em depoimento que só soube que se tratava de um homicídio no momento do crime. “Ligaram para ela oferecendo um ‘corre’, no entanto ela nos fala que foi ao local achando que se tratava de um assalto e que só soube do homicídio no momento que Diego efetuou os disparos. Pela participação no crime ela receberia a quantia de R$ 500”, highlighted.

Ela aparece nas imagens de segurança do salão de beleza ao lado do atirador, identificado como Diego Sabino Araújo, o “Diego Olhão”, que permanece foragido.

A acusada disse que não sabe o paradeiro de Diego. “Quando ele atirou sai correndo, como todos que estavam lá e peguei um táxi. Não vi mais ele depois daquele dia”, relatou a mulher, que disse ainda não ter recebido o dinheiro prometido.

Natan Gaia – AM POST Writing


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505