Public transport users resent 30 second data by Sinetram to pass the ratchet buses

For passengers the time is not enough when the buses are crowded.
04/09/2017 16h46 - Updated 5/09/2017 16h25
Photo: play / internet

O novo sistema de bilhetagem do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (.Kitab), implantado esta semana, tem gerado polêmica e revolta entre pessoas que utilizam o ônibus diariamente.
A partir de agora os passageiros do transporte coletivo de Manaus terão 30 segundos para passar na catraca dos ônibus, after release of the collector, if you lose this time the usurer have to pay a new ticket of R $ 3.80.

Segundo o Sinetram a medida não se aplica aos usuários dos cartões PassaFácil, a medida vale apenas para os usuários que pagam com os cartões.

Para a secretária Márcia Santana de Oliveira, 30, o tempo é suficiente quando o ônibus não estiver lotado, caso contrário será prejudicial, além disso também pode prejudicar os usuários que estiverem carregando sacolas ou mochilas. “Muitas vezes é bem complicado passar nesse tempo porque a gente carrega coisas e se equilibra para não cair. Vai ser complicado e é revoltante. Somos prejudicados de todas as formas”.

Apesar das reclamações o Sinetram afirma que o tempo estabelecido é suficiente para o passageira passar. “Fizemos estudos e detectamos que 30 segundos é tempo larga margem de sobra”, destaca o diretor da ACOP/Sinetram, Azarias Carvalho.

De acordo com a instituição, a medida foi adotada depois que um equipamento chamadosolenoide”, dispositivo que fica dentro da catraca, estava queimando por aquecimento devido ao longo tempo acionado e aumentando consideravelmente o recolhimento de ônibus para reparos.

AM POST Writing


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use