Post Office workers vote on Friday proposed agreement that can finally strike

Federation representing the category recommended approval of the proposal and end the strike which began on 20; agreement was proposed by TST on Wednesday.
06/10/2017 15h45 - Updated 6/10/2017 15h45
Photo: reproduction

Os servidores dos Correios no Amazonas devem decidir, this Friday, 6, se aceitam a proposta apresentada pelo vice-presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalhado), Emanuel Pereira, from 2,7% de reposição salarial. Em assembleia, os trabalhadores irão votar pela aceitação ou não do índice.

O presidente do Sintect-AM (Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Amazonas), Luiz Ribeiro, disse que a categoria está disposta a manter a greve. “O ministro manda compensar, still, oito dias de greves que já foram descontados dos nossos contracheques”, said.

“Nossa pauta era de 8% adjustment, a empresa apresentou uma proposta de 3%, mas só a partir de janeiro de 2018. O ministro ofereceu 2,7% retroativo ao mês de agosto. Por isso vamos analisar com calma para definir sofre o fim ou manutenção da greve”, said.

A entrega de correspondências está suspensa. Apenas serviços administrativos foram mantidos.

Ribeiro disse que além da reposição salarial, a categoria também irá pressionar contra a privatização dos Correios.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use