Prefeito prestigia posse da nova procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amazonas

A nova procuradora assume o cargo no lugar do procurador de Justiça, Fábio Monteiro, para exercer os trabalhos no biênio 2018/2020.
16/10/2018 10h26 - Atualizado em 16/10/2018 10h26
Foto: Divulgação

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, participou nesta segunda-feira, 15/10, da cerimônia de posse da nova procuradora-geral de Justiça do Amazonas, Leda Mara Nascimento Albuquerque, que aconteceu no auditório do Ministério Público do Estado (MPE-AM), no Nova Esperança, zona Oeste de Manaus.

“Tenho muito respeito pelo equilíbrio como se portou o doutor Fábio Monteiro e conheço muito de perto a doutora Leda Albuquerque, que é uma pessoa muito preparada, extremamente séria. Podem esperar seriedade dela, equilíbrio. Não é de fazer jogo com a torcida, ela é de resolver as questões e resolvendo as questões, ela volta para casa com a consciência tranquila todos os dias”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto, acompanhado da primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Leda Albuquerque é a segunda mulher a assumir o cargo de PGJ do Ministério Público do Estado do Amazonas. A primeira foi Socorro Guedes em 2003. No último biênio, Leda exerceu o cargo de subprocuradora-Geral de Justiça.

“Nós estamos prontos para enfrentar esses novos desafios que virão. Desafios referentes às questões da segurança pública, da saúde, da educação e desafios também inerentes à nossa realidade interna, o Ministério Público, na medida em que a sociedade cresce, ele também precisa evoluir para que possa responder satisfatoriamente à todos os reclames da sociedade”, ressaltou Leda Albuquerque.

No cargo de PGJ durante os biênios 2014/2016 e 2016/2018, Fábio Monteiro ressaltou a sensação de dever cumprindo e espera que o bom trabalho continue na nova administração.

“Foi fácil gerenciar a instituição por quatro anos, claro que com as dificuldades que são inerentes ao cargo, mas tivemos uma preocupação muito grande em investir em infraestrutura, melhorar a parte de equipamentos da instituição, principalmente em combate à corrupção e também dotar os interiores do Estado com mais promotores de justiça. Consegui cumprir aquilo que objetivei fazer, saio com o sentimento de dever cumprido e tendo a certeza que contribui para a instituição se fortalecer cada vez mais”, concluiu Fábio Monteiro.

Com informações da Assessoria

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso