Policia realiza “torniquete operación”

O objetivo é reduzir os assaltos a ônibus da capital.
15/05/2015 08h04 - Actualizado 15/05/2015 10h07
foto: Policia militar

A primeira semana da “torniquete operación” realizada pela Polícia Militar (PM) reduziu em 47% os registros de roubo nos ônibus do transporte coletivo, segundo balanço apresentado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) jueves (14). Desde o início da ação, no último dia 5 mayo, os policiais realizaram 1.800 abordagens a ônibus.

De acuerdo con el SSP-AM, na semana anterior à operação, Ellos se registraron 49 roubos a ônibus, contra 26 casos na semana seguinte. Além da “torniquete operación”, a Polícia Militar também reforçou o policiamento ostensivo nos principais terminais e pontos de concentração de pessoas de Manaus.

De acuerdo con la SSP, de janeiro até maio, 58 pessoas foram presas pela Polícia Militar, por envolvimento em assaltos a ônibus na capital. Según el secretario de Seguridad Pública, a operação foi uma das medidas adotadas pelo Sistema de Segurança para conter os registros de roubos a ônibus do transporte coletivo. “A curto prazo essa ação já trouxe resultado, garantindo mais segurança à população que precisa utilizar o transporte público. Acreditamos que dentro de um mês esse cenário deva ser modificado, reduzindo ainda mais os casos”, dicho.

El comandante general de la Policía Militar, coronel Gilberto Gouvêa, destaca que a ação está sendo realizada nos três turnos das 7h às 13h, 12h às 18h e 17h às 00h. “Cada Cicom, dentro de sua área de ação, está fazendo a abordagem aos carros, motos e pessoas, além de coletivos do transporte público de Manaus. Do período de 5 un 11 de maio os policiais abordaram 750 coches, 959 motos e quase 18 miles de personas ", afirmou Gouvêa.

Sérgio Fontes informou ainda que com a chegada das novas viaturas, cerca de 700 antes de junio, todo o policiamento ostensivo da cidade será restabelecido, aumentando a presença das polícias nas ruas e ainda dando mais estrutura para a Tropa Especializada e Delegacias Especializadas da Polícia Civil.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso