Joseph Blatter renuncia o cargo de presidente da Fifa

O reeleito presidente da FIFA demite-se quatro dias depois da última eleição e convoca novo congresso.
02/06/2015 14h07 - Actualizado 2/06/2015 14h11
foto: reproducción

Blatter anunciou esta terça-feira que renunciava ao cargo de presidente da FIFA. O reeleito presidente do organismo convocou novas eleições para a presidência do organismo. O suíço confirmou ainda que não será novamente candidato.

“Não vou concorrer. Ficarei em posição de concentrar em reformas profundas”, dijo.

Nos últimos dias foi tornada pública uma investigação que envolvia altos quadros da FIFA, sendo que existiam fortes indícios de corrupção dentro da organização, nomeadamente no que diz respeito à organização de Mundiais. Este facto estará relacionado com a decisão do suíço.

Luís Figo, que chegou a estar na corrida para a presidência da organização, afirmou recentemente que não concordava com a forma como Blatter geria a FIFA.

Blatter referiu, la prensa, que nenhum dos casos que tem vindo a público estava sob o seu controlo, como que afirmando que nada tinha que ver com as suspeitas de corrupção sobre a organização.

O responsável máximo pelo organismo pediu ao Comité Executivo da FIFA para realizar um congresso extraordinário o mais rapidamente possível. Segundo está a ser avançado, a nova eleição deverá ocorrer entre dezembro deste ano e março de 2016.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505