24/06/2015 16h27 - Actualizado 24/06/2015 16h27

Prefeitura pretende concluir ciclovia Boulevard-Ponta Negra ainda este ano

PMM firmou parceria com o Exército para concluir a obra.
foto: reproducción
foto: reproducción

este año, a Prefeitura de Manaus vai concluir a construção da ciclovia Boulevard-Ponta Negra. A obra faz parte do pacote de verão da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e será realizada em parceria com o Exército Brasileiro. A informação foi confirmada, el martes, 23, pelo prefeito Arthur Virgílio Neto em visita ao Comando Militar da Amazônia (CMA), Avenida Coronel Teixeira, zona Oeste.
“O Exército é um parceiro da cidade de Manaus e este ano não seria diferente. Temos a meta de finalizar o projeto da ciclovia Boulevard-Ponta Negra e caberá a eles o trecho localizado na avenida Coronel Teixeira”, explicou Arthur.

En contrapartida, a prefeitura vai revitalizar a praça Duque de Caxias, em frente ao 1º BISBatalhão de Infantaria de Selva -, do mesmo modo como foi feito com a praça Coronel Jorge Teixeira, em frente ao Centro de Instrução de Guerra na Selva (cigs), ambas no bairro São Jorge, zona Oeste.

“É mais um espaço que será ocupado dia e noite pela população, garantindo mais lazer e qualidade de vida. Ao mesmo tempo em que oferecemos essas melhorias também estamos contribuindo para minimizar a ação de bandidos, que se aproveitam de espaços abandonados para praticar seus crimes”, dijo el alcalde.

No CMA, Arthur Neto participou da abertura da 13ª Operação Ricardo Franco, que reúne, en Manaus, alunos/oficiais no último ano do Instituto Militar de Engenharia (IME) para elaboração de projetos de defesa e desenvolvimento da Amazônia.

“Esses jovens são capazes de pensar o Brasil. São uma academia de formuladores de novos horizontes. Irei pedir um apanhado das propostas aqui apresentadas, para saber o que esses cérebros privilegiados produziram sobre a Amazônia do futuro, sobretudo no momento em que o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) passa por sua maior crise”, concluiu o prefeito.

Este año, os trabalhos foram baseados na busca por novas alternativas de desenvolvimento sustentável. Os alunos/oficiais passaram aqui menos de um mês e nesse período estudaram as necessidades e os pontos fortes da região. Entre os destaques, estão trabalhos voltados para exploração de fontes de energias alternativas, abastecimento e distribuição de água potável, comunicações na Amazônia, ideias que poderão ser trabalhas em soluções de curto e longo prazos, e mais detalhadas em estudos posteriores de mestrados e doutorados.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505