• Condomínio logístico gera empregos no Polo Industrial de Manaus (PIM)

    O empreendimento, depois de pronto, disponibilizará mais de duas mil vagas de trabalho.
    07/07/2015 15h51 - Actualizado 7/07/2015 16h14

    Foto: Divulgación de PC


    Na contramão da economia, em que aponta mais de 15 mil demissões no polo industrial de Manaus, a Hines, empresa especializada em investimentos imobiliários, desenvolvimento e gerenciamento de propriedades, gera mais de 500 empregos diretos e indiretos na construção do Distribution Park Manaus (DPM) III, resultado de um investimento de R$ 300 millones. Depois de pronto, o empreendimento vai gerar em média dois mil empregos diretos no Amazonas, o que indica uma nova vertente para a região.

    O DPM III é um parque logístico, com galpões para alugueis, tem obras 40% executadas e terá três fases de entrega, sendo elas em dezembro deste ano, fevereiro e abril de 2016. Ao contrario do que sinaliza o mercado, a procura por esse tipo de empreendimento, que flexibiliza o crescimento e a logística de indústrias e empresas de varejo, está com saldo positivo.

    Os outros dois Distribution Parks construídos pela Hines, que já estão em funcionamento, operam com quase 100% dos seus galpões locados. No DPM I, que possui 105 mil m² e está localizado na Avenida Torquato Tapajós, 90% do espaço está alugado. No DPM II, que possui 69 mil m² e está localizado na Avenida do Turismo, todo o espaço está alugado para empresas multinacionais dos segmentos de eletro eletrônicos, varejo, logística, eletrodomésticos e até aeroviário.

    A demanda por esse tipo de empreendimento se dá pelo fato de que os parques de logística e aluguel de galpões representam uma economia de até 30% em relação a construção ou ampliação de prédio próprio. E pode ser uma saída para as fábricas, por ejemplo, que podem continuar trabalhando, sem onerar seus caixas com despesas fixas muito elevadas.

    De acordo com o diretor de Projetos da Hines, Jeremy Smith, a empresa descarta redução nos investimentos. “A Hines sempre acreditou no potencial da cidade de Manaus. O grande parque industrial está sempre recebendo novos investimentos de empresas que acreditam no Brasil. Em momentos difíceis da economia são quando boas oportunidades aparecem”.

    O Distribution Park Manaus III terá três galpões com 28 módulos e mais de 130 mil m² de área locável, que dispõem (detalhar o que eles oferecem mana). Os galpões têm capacidade de piso de seis toneladas por metro quadrado², 400 vagas para carros e 152 vagas para carretas.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso