• Garçom é preso acusado de matar um homem em 2012

    O criminoso foi preso após denúncias anônimas.
    02/07/2015 15h12 - Actualizado 2/07/2015 15h12

    Foto: Divulgación de PC


    Um garçom de 24 años, identificado como Franklin de Souza Neres, conhecido comoSonic”, fue preso, na manhã da última terça-feira (30). O rapaz é acusado de envolvimento em um homicídio que ocorreu na madrugada do dia 26 de 2012, en el barrio de Alvorada 3.

    Franklin foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no dia em 11 de junio 2014, pela juíza de Direito da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Rosália Guimarães Sarmento. A prisão aconteceu por volta das 12h, na residência onde ele morava, localizada na Rua Riacho Fundos, Comunidade União da Vitória, bairro Tarumã-Açu, Zona oeste de Manaus.

    De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, a equipe policial chegou até “Sonic” após o recebimento de denúncias anônimas, informando o envolvimento do infrator no delito. No momento da ação um adolescente de 17 años, que estava com Franklin, foi apreendido. Com eles foi encontrado 1 kg de droga, entre cocaína, oxi e maconha, além de uma balança de precisão.

    De acuerdo con la autoridad policial, Franklin teria participado do homicídio de Fabiano Barbosa Quincó, que na época do delito tinha 33 años. No dia do ocorrido ele e outro comparsa estavam em uma motocicleta e no momento em que avistaram Fabiano caminhando em via pública aproveitaram para cometer o crime. “Franklin desceu da moto e efetuou dois disparos na cabeça da vítima, que veio a óbito ainda no local,” explicou Ivo Martins.

    Según el delegado, “Sonic” nega participação no crime, mas testemunhas o reconheceram como sendo o autor dos disparos. “Ele afirma que um traficante já morto, identificado na época como ”Moisés”, seria o verdadeiro autor do homicídio. Ele alega que o mesmo o teria obrigado a assumir o crime por conta de uma dívida de R$ 2 mil que ele tinha, originada pelo tráfico de drogas”, relatou Martins.

    Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, 2, na sede da DEHS, o delegado Ivo Martins informou também que Franklin já responde a processos criminais e que desta vez, além do indiciamento por homicídio qualificado, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso