23/07/2015 10h45 - Actualizado 23/07/2015 10h45

Operação Politeia: PF solicitou ao STF buscas na Câmara, mas Rodrigo Janot barrou

foto: Fellipe Sampaio (STF / Divulgación)
foto: Fellipe Sampaio (STF / Divulgación)

Antes de deflagrar a Operação Politeia, a Polícia Federal havia solicitado ao Supremo Tribunal Federal (STF) buscas na Câmara dos Deputados, segundo o jornal Folha de S. Paul. O alvo da PF era o gabinete do líder do PP, Eduardo Fonte (PE), investigado no petrolão. Os mandados da operação foram expedidos pelos ministros Teori Zavascki, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

El Procurador General de la República, Rodrigo Janot, discordou das buscas na Câmara. Para el, não havia indícios de que atos ligados ao esquema da Petrobras haviam acontecido no gabinete do deputado. De acuerdo con el periódico, a decisão tomada por Janot foi para mostrar que ele estava no controle das investigações. Además, ele reclamou ao STF que a Polícia Federal deveria ter apenas sugerido as diligências, e não as solicitado, uma vez que é o Ministério Público que está à frente das investigações.

A Operação Politeia realizou buscas na casa dos senadores Fernando Collor (PTB-AL), Ciro Nogueira (PP-PI) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505