• Peixeiro é preso por homicídio em Manaus

    Segundo a PC, o crime teria ocorrido no dia 15 de março de 2014.
    28/07/2015 09h42 - Actualizado 28/07/2015 09h42

    Foto: Divulgación de PC


    O peixeiro Aldenei da Silva de Souza, 26, conhecido como “Neguinho”, foi preso e apresentado à imprensa na manhã da última segunda-feira (27), pela delegada Sancha Sodré, na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    De acuerdo con la autoridad policial, o rapaz é apontado como autor do homicídio de Riberth Kelvison Silva Pena, ocorrido na manhã do dia 15 de março de 2014, por volta das 10h30, na residência da vítima, localizada na Rua Penetração, Comunidade Amazonino Mendes, Barrio de la ciudad nueva, zona Norte da cidade.

    A delegada informou que no dia do fato “Neguinho” contou com o auxílio de três comparsas para cometer o delito. Romário Vaz da Silva, 20, que cumpre pena no sistema carcerário do Estado; Leonel Raimundo Ribeiro, 29, foragido da Polícia; e Kleber Monteiro Ribeiro, que está morto. La víctima, que tenía 16 anos na época em que o crime aconteceu, foi agredida com golpes de faca e morreu no local.

    “O homicídio foi motivado por brigas entre eles em decorrência do tráfico de drogas. Eles eram usuários e disputavam locais para praticar a venda dos entorpecentes. Aldenei alegou, em depoimento, que um mês antes do crime acontecer a vítima teria efetuado um disparo de arma de fogo contra ele, atingindo a perna esquerda dele. Después de eso, ele e os outros três comparsas planejam o crime,” explicou Sansha.

    “Neguinho” foi preso na tarde de ontem, 26, alrededor de las 4 p.m., na Avenida Autaz Mirim, barrio São José, zona Leste da capital. O fato ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no dia 16 de junho deste ano pela juíza de Direito Mirza Telma de Oliveira Cunha, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

    Eles já estava sendo procurado pelo homicídio que cometeu e durante as investigações recebemos denúncias de que ele estaria no local onde foi encontrado. Deslocamos uma equipe ao endereço informado e contamos com o apoio de policiais militares para efetuamos a prisão dele”, completou a delegada.

    Aldenei foi conduzido à sede da DEHS para prestar esclarecimentos sobre o caso. No local foi indiciado por homicídio qualificado e ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde irá permanecer à disposição da Justiça.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso