24/07/2015 09h30 - Actualizado 24/07/2015 09h30

Ronda Maria da Penha é ampliado

O programa passou a abranger mais quatro bairros da Zona Sul da capital.
Nota de prensa / PMAM
Nota de prensa / PMAM

O Ronda Maria da Penha passou a abranger, a partir da quinta-feira (23), os bairros Colônia Oliveira Machado, estudiantes, Morro da Liberdade e Santa Luzia, na zona sul de Manaus, por intermédio da 2ª Companhia Interativa Comunitária (IDPF). El proyecto, criado em setembro de 2014, visa descentralizar as atividades da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (Decca) e ampliar os atendimentos a vítimas de violência doméstica na capital.

O lançamento aconteceu na quinta-feira no auditório do Centro Estadual de Referência e Apoio à MulherNúcleo de Apoio Especializado à Mulher (CREAM/NAEM). Autoridades e profissionais que contribuíram para a implementação do projeto na Cicom, como a juíza Luciana Nasser, do 2º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, o promotor de justiça Evandro Rivoli, da 2ª Vara Especializada de Crimes contra a Mulher, e Nadyme Cavalcante, gerente do CREAM, prestigiaram o lançamento.

O comandante da 2ª Cicom, major PM Leandro Benevides, e a capitã PM Adriana Sales, comandante da 27ª Cicom, coordenaram o evento. Major Benevides em seu discurso destacou que o programa é mais um trabalho implementado pela Polícia Militar. “A Polícia Militar quer com isso valorizar cada vez mais o ser humano, mulher, mãe e esposa, preservando sua dignidade”, disse o major, ressaltando ainda a parceria com os demais órgãos como Tribunal de Justiça do Amazonas ( TJ-AM), Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Fiscal del Estado de Amazonas (MP-AM) y de la Policía Civil. “Isso tornará o Ronda Maria da Penha mais eficiente, eficaz e perene”, acabado.

Toda a tropa da 2ª Cicom recebeu instruções pertinentes à Lei Maria da Penha, durante três dias do mês de julho, sendo ministradas disciplinas, matérias, vídeos e reportagens, com a finalidade de preparar e capacitar o policial militar no atendimento específico de ocorrência.

De acordo com o comandante da Cicom, o Ronda vai acompanhar casos já registrados na área – duas mulheres já estão com medidas protetivas e três já estão sendo acompanhadas para o andamento do processo junto à justiça e todas recebem a visita dos policiais. “Todos os policiais da Cicom receberam treinamento e capacitação para atuar no programa, pero, por ahora, dois foram destacados para o trabalho”, informou o comandante.

Conforme o major, foram destacados para atuar no Ronda a sargento PM Tamborini e o soldado PM Couteiro. “Eles vão visitar as vítimas e verificar a situação, se a medida protetiva está sendo cumprida. Em muitos casos onde o agressor retorna à casa da vítima, ele se sente inibido com a presença policial e não volta a cometer o crime”, comentado. As vítimas de violência doméstica dos bairros Colônia Oliveira Machado, estudiantes, Morro da Liberdade e Santa Luzia podem procurar o 2º Distrito Integrado de Polícia (INMERSIÓN).

información, denúncias e sugestões podem ser feitas diretamente ao comandante da 2ª CICOM, major PM Leandro Benevides Ferreira de Souza (92) 98842-1621, ou diretamente no endereço da unidade policial, situada na Rua Felizmino Suarez, S / N, Bairro Colônia Oliveira Machado. Ou ainda através do Linha Direta (92) 98842-1464.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505