Senado instala IPC Fútbol: Romario será el presidente

CPI vai investigar possíveis ilegalidades em contratos envolvendo a CBF.
15/07/2015 10h44 - Actualizado 15/07/2015 10h44

foto: Edilson Rodrigues (Agencia Senado)


Un día después de la aprobación de la medida cautelar para refinanciar las deudas de los clubes y castiga equipos que no cumplan con sus obligaciones, incluso con el descenso, o Senado Federal instalou na tarde desta terça-feira a Comissão Parlamentar de Inquérito (IPC) do Futebol. por aclamación, o senador e ex-jogador Romário (PSB-RJ) foi escolhido para presidir a colegiado responsável por investigar irregularidades na CBF. Romário escolheu o também senador Romero Jucá (PMDB-PE) como relator da comissão.

Composta por 11 membros titulares e oito suplentes, a CPI vai investigar possíveis ilegalidades em contratos envolvendo a CBF pelos próximos seis meses. A averiguação passa por acordos de publicidade em partidas da seleção brasileira, além de contratos referentes a torneios nacionais. Tanto a Copa das Confederações de 2013 quanto a Copa do Mundo do último ano também serão investigadas.

fuente: Veja.com


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


Facebook

economía

contacto Condiciones de uso