El gobernador tratará de liberación Brasilia de préstamos que fueron cancelados por Dilma

En julio, após reunião com governadores, Dilma confirmou autorização dos empréstimos.
17/08/2015 11h57 - Actualizado 5/05/2016 03H43
foto: Alex Pazuello

Financiamentos para projetos de infraestrutura para o Estado foram suspensos pela presidente Dilma Rousseff (PT) la semana pasada. Delante de eso, o governador José Melo deve ir à Brasília (DF), esta semana, conversar com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy na tentativa de conseguir liberação dos empréstimos.

Os financiamentos são analisados pelo Tesouro Nacional e de acordo com informações da imprensa, o Tesouro encaminhou à Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), la última semana, uma orientação para que a análise dos pedidos para o Amazonas fosse interrompida.

inversiones
O Governo pretende investir aproximadamente US$ 1,2 bilhões nas áreas da educação, produção rural e logística. Bem como dar início a segunda fase da Cidade Universitária, duplicar a rodovia AM-010 e dar continuidade a um programa de piscicultura para o interior.

Com os empréstimos, o Governo do Estado também pretende investir nas obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (PROSAMIM).

Não cumpriu
No final de julho, governadores de todo o Brasil se reuniram com a presidente e trataram sobre a liberação de empréstimos. A informação é que Dilma afirmou aos governadores que as novas propostas de financiamentos seriam autorizadas, lo que no ocurrió.

fuente: Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505