28/08/2015 16H41 - Actualizado 28/08/2015 16H41

Procon Manaus lleva a cabo la "Operación Couvert '

A principal orientação aos empresários é a fixação do valor do couvert artístico
foto: revelación
foto: revelación

A Ouvidoria Municipal e o Departamento de Proteção ao Consumidor (Procon Manaus), estão promovendo a “Operação Couvert”, que tem como foco orientar bares, restaurantes e casas noturnas sobre a Lei Municipal 2.022/2015. As ações de fiscalização já estão sendo realizadas e a meta é percorrer cerca de 20 estabelecimentos comerciais até o próximo sábado, 29.

A principal orientação aos empresários é a fixação, em local visível, do valor do couvert artístico e/ou alimentício, uma vez que um dos artigos da legislação define que o estabelecimento comercial não poderá cobrar pelo serviço sem antes afixar em local de fácil visualização os valores repassados aos artistas.

O Procon Manaus também está atento às demais leis consumeristas, conforme explica o coordenador da Ouvidoria e Proteção ao Consumidor, Alessandro Cohen. “Vamos fiscalizar o cumprimento de outras leis, como a obrigatoriedade do Código de Defesa do Consumidor (CDC), precificação, afixação da não obrigatoriedade de se pagar os 10% e a Lei do Troco”, dicho.

A classe musical é a mais interessada na chamada Lei do Couvert e, por eso, duas reuniões já foram realizadas entre o Procon Manaus e o Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Amazonas (Sindmam). Ficou acordado que o setor jurídico do sindicato iria sugerir mudanças na legislação.
“Entendemos que a lei veio favorecer a classe. Se pessoas se deslocam para ouvir e prestigiar os artistas em determinado local, logo, o couvert artístico deve ser pago”, comentou a cantora Márcia Siqueira, vice-presidente do Sindmam.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505