El Ayuntamiento llevará a cabo Tribuna Popular para discutir el destino de los asistentes de estacionamiento del Centro

O evento está marcado para a próxima terça-feira (8).
05/09/2015 10h36 - Actualizado 7/09/2015 11h15
foto: Robervaldo Rock / MMC

El Municipio de Manaus (CMM) realiza, el martes (8), a las 9 am, Tribuna Popular com representantes da Associação dos Guardadores e Lavadores Autônomos de Veículos Automotores do Estado do Amazonas (Zaglava), para discutir soluções ao destino dos flanelinhas a partir da implantação do sistema de estacionamento do Centro, denominado Zona Azul.

O evento, já marcado na agenda da CMM, é uma iniciativa do vereador Mário Frota (PSDB), e terá como convidado o presidente da entidade, Henrique dos Santos, que, la oportunidad, vem buscar apoio parlamentar para a inserção dos guardadores de carro, visto que apenas 200 deles estão inseridos no Projeto Zona Azul da prefeitura de Manaus.

Mário Frota reconheceu que o estacionamento rotativo vem em boa hora para organizar o trânsito no Centro da cidade, porém ressaltou que é preciso discutir uma solução para os trabalhadores que ficaram de fora do projeto. “Defendo a segurança dos flanelinhas. O Zona Azul deve ser implantado para melhorar o trânsito da cidade, mas qual o destino para os que ficaram de fora do projeto, principalmente os que estão nesse segmento há mais de 20 años. São muitos pais de família que vão ficar desempregados. Precisamos buscar uma solução”, dijo el parlamentario.

De acordo com o contrato de implantação da primeira etapa do Zona Azul, assinado em agosto pelo prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), um dos principais objetivos da prefeitura é tirar os trabalhadores da informalidade, com expectativa de que 15 mil vagas rotativas sejam inseridas por meio do projeto até o fim de 2015.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505