Por suspeita de irregularidade, Receita Federal apreende Porsche de Neymar

O carro teria sido comprado em uma transação ilegal.
29/09/2015 13H39 - Actualizado 29/09/2015 13H39
foto: reproducción (Reuters)

O atacante Neymar segue com problemas na Justiça. Quatro dias depois de o craque ter 188,8 milhões de reais bloqueados, o jornal Folha de S.Paulo revelou nesta terça-feira que o jogador do Barcelona e da seleção brasileira teve um Porsche Panamera apreendido pela Receita Federal, em julho do ano passado, por possíveis irregularidades em sua compra. el vehículo, de cor amarela, foi comprado pela empresa do pai de Neymar, en 2011, por 349.000 real.

Neymar recebeu o Porsche depois de ganhar uma aposta: cumpriu a promessa de ser campeão e artilheiro do Sul-Americano sub-20 de 2011 e ganhou o carrão do pai. O veículo era originalmente branco, mas foi pintado de amarelo a pedido de Neymar. Segundo a investigação da Receita, o carro foi adquirido pela Neymar Sport e Marketing, empresa que cuida dos direitos de imagem do jogador, em uma transação irregular envolvendo outras duas empresas, a Select Import e a Firts S/A.

A Select teria recebido 60.000 real, en abril 2011, para intermediar a importação do carro e, con eso, burlar leis fiscais, em prática conhecida comoimportação por encomenda não declarada”. Dois meses depois, o carro chegou ao Brasil e a Neymar Sport assinou o contrato de compra diretamente com a First/SA.

A empresa do jogador se defendeu, alegando que adquiriu a mercadoria da empresa First, por intermédio da Select Import, de forma legal. el periódico, a Neymar Sport afirmou que apenas a First está na mira da Receita e considerou a possibilidade de não recuperar o Porsche comoremota”. Segundo a empresa do atleta, si esto ocurre, a First devolverá o valor pago ou entregará outro veículo semelhante.

fuente: Veja.com


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso