08/10/2015 19h57 - Actualizado 16/03/2016 11h18

‘Que circo é esse?', diz deputado sobre situação da água em Manaus

08_DERMILSON CHAGAS (NOVO) EM-15

A questão da água em Manaus é um problema, não é de hoje. Passaram governos e governantes e o assunto vez ou outra o assunto renasce das cinzas e morre, sem solução efetiva dos principais problemas na capital. Nesta quinta-feira o assunto veio a tona no discurso do deputado Dermilson Chagas (PDT) – partido do ex-prefeito Amazonino Mendes, que deu total liberdade no cumprimento de metas a concessionária de abastecimento de água em Manaus, Manaus Ambiental, diga-se de passagem.

No seu discurso em plenário, o deputado denunciou, rebelde, a cobrança da taxa de esgoto em Manaus, serviço que chega a apenas 20% población, mas vem sendo cobrado de todos. “O que esses caras estão fazendo aqui? Enriquecendo? Ganhando dinheiro a custa do povo. Pessoas de baixa renda pagando contas de água, un R $ 600, R $ 800, enquanto a prestação do apartamento dessas pessoas é R$ 50. Esse pessoal está enriquecendo fácil”, dijo el representante.

O parlamentar ainda denunciou que a Manaus Ambiental detém o domínio sobre a perfuração, mas a maioria dos seus poços não possuem licença, e expôs um conflito desconhecido pela maioria da população, o de que o Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (IPAAM) proíbe que a Manaus Ambiental perfure novos poços, mientras, segundo o deputado, o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) autoriza.

Manaus é terra de muro baixo, o Amazonas é terra de muro baixo, que não tem lei, que não se grita , que não se fala, não se esperneia, não chama eles de criminosos. O crime que fazem cobrando uma taxa de esgoto de um serviço que não prestam. Eu botei um desafio para o representante da Manaus Ambiental, já que a Arsam é para multar, o Ipaam para fazer sua parte, vamos fazer uma campanha em Manaus para denunciar o esgoto que não se tem, e vamos sair com os dois órgão a tira colo para ver se trabalham. É uma situação triste. É nos chamar de palhaço. Que circo é esse que eu estou? Sou aplateia? Sou o artista? Ou sou só o caixa? Porque nós estamos enriquecendo esses caras”, dijo el representante.

Dermilson Chagas disse que iniciará uma campanha para a implantação do esgoto em toda a capital, e a suspensão da cobrança da taxa nas áreas que não existem. campaña, la que, terá o apoio do Procon.

Vale lembrar que a iniciativa não é novidade, e que foi copiada de autores frustrados no passado, entre eles vereadores da Câmara Municipal de Manaus, que depois de alguma insistência desistiram de lutar pela suspensão da taxa.

por otra parte, a bandeira da suspensão da taxa de esgoto é levantada com frequência em períodos próximos a eleição, convenções e acordos políticos. Resta saber se essa é uma exceção.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505