Deputado defende pagamento da GTE só para quem trabalha nas ruas

O parlamentar defendeu a proposta como uma forma de conter gastos públicos.
13/11/2015 10h22 - Actualizado 15/11/2015 12h54
foto: asesor

Em época de crise, onde o governo do Estado foi afetado diretamente por falta de repasse, presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (CSP/Aleam), deputado Cabo Maciel (PR), defendeu junto ao comandante Geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), la. James Frota durante uma reunião que durou mais de duas horas, o pagamento das 3.150 Gratificação por Trabalho Extra (GTE), para os policiais que trabalham nas ruas prestando segurança a população.

Cabo Maciel disse achar injusto militar que trabalha em gabinete ganhar GTE, uma vez que o objetivo desse pagamento é para incentivar o policial que atua na atividade fim da PMAM.

Maciel disse após o encontro com o Cel. James Frota, que foi tratar de vários assuntos de interesse dos policiais e bombeiros militares do Amazonas, principalmente dos milicianos que trabalham no interior do Estado.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505