30/11/2015 15H59 - Actualizado 30/11/2015 15H59

Por falta de dinheiro, elecciones 2016 poderão ser manuais

As urnas eletrônicas foram usadas pela primeira vez em 1996.
foto: Elza Fiuza / Agência Brasil

Por falta de dinheiro, as eleições municipais de 2016 serão realizadas manualmente. É a primeira vez que isso acontecerá desde 2000, quando todo o eleitorado brasileiro começou a votar eletronicamente.

A informação de que o contingenciamento impedirá eleições eletrônicas foi publicada no Diário Oficial da União (UIM) lunes, 30.

O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”, diz o artigo 2.º da Portaria Conjunta 3, viernes, 27.

O texto é assinado pelos presidentes dos Supremo Tribunal Federal (STF), Sala Superior (TSE), corte superior (STJ), Tribunal Superior do Trabalho (TST), Superior Tribunal Militar (STM), Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) e respectivos conselhos.

A portaria afirma ainda que ficam indisponíveis para empenho e movimentação financeira um total de R$ 1,7 bilhão para STF (R $ 53,2 millón), STJ (R $ 73,3 millón), Tribunal Federal (R $ 555 millón), Justiça Militar da União (R $ 14,9 millón), Justicia electoral (R $ 428,9 millón), Justiça do Trabalho (R $ 423 millón), Justiça do Distrito Federal (R $ 63 millón) e Conselho Nacional de Justiça (R $ 131 millón).

As urnas eletrônicas foram usadas pela primeira vez em 1996. Mas somente nas eleições de 2000 todo o eleitorado votou eletronicamente.

fuente: Exame.com

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505