Projeto recompensa pessoas e empresas que promoverem reposição florestal

Proposta tramita na Câmara de Deputados e será alvo de debate nesta quinta-feira (26).
24/11/2015 19h13 - Actualizado 24/11/2015 19h13
foto: Marcio James

Pessoas físicas e jurídicas que promovam a reposição florestal ou desassoreamento de rios, córregos, cursos de água ou nascentes podem lucrar com isso. El proyecto de ley (PL) 1.465/2015 cria incentivos fiscais e creditícios para recompensar ações como essas, inclusive o plantio e preservação de espécies, nativas ou não, sejam frutíferas,
medicamentosas, ornamentais, de enriquecimento do solo e de qualquer outra que seja útil para a recomposição florestal.

O PL aguarda parecer na Comissão de Agricultura, ganado, Suministro y Desarrollo Rural (CAPADR) Cámara de los Representantes. El jueves, 26 Noviembre, o projeto será objetivo de audiência pública no parlamento.

Relator do PL 1.465/2015, Sr. Suboficial Gonzaga (PDT-MG), destaca que o País se preocupa com a escassez dos recursos naturais. “Um exemplo é a crise hídrica enfrentada pelo pelo Estado São Paulo”, dicho.

PL 2.410/2015

En agosto, um projeto de lei que faculta ao produtor rural a dedução, no valor do imposto de
ingresos, de valor retributivo à adoção de tecnologias e boas práticas produtivas conciliadas com as exigências ambientais, foi apensado ao projeto principal (1.465), o que permitirá que o produto rual . Os deputados entenderam que os assuntos estão correlacionados.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505