Cerveró deixa a cadeia para passar o Natal com a família

Preso desde janeiro, ele foi liberado por ordem do juiz Sérgio Moro.
23/12/2015 16h01 - Actualizado 9/03/2016 16h16
foto: Agencia Brasil

O ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró deixou nesta quarta-feira a cadeia para passar o Natal com a família no Rio de Janeiro. Preso desde janeiro, ele foi liberado por ordem do juiz sérgio Moro. O benefício da saída temporária consta do acordo de delação premiada que o ex-dirigente firmou com a Procuradoria-Geral da República. Ele usará tornozeleira eletrônica. O filho de Cerveró, Bernardo, foi o pivô da prisão do ex-líder do governo no Senado Delcídio do Amaral. Ele gravou conversas que comprovam, segundo os investigadores, que o senador trabalhou para boicotar as investigações da Operação Lava Jato e impedir o acordo de delação premiada do ex-dirigente. De acordo com conversa gravada por Bernardo, Delcídio disse que ministros do STF poderiam ser influenciados em prol da soltura de Cerveró. A ideia do senador petista era, depois de garantir a liberdade de Cerveró, articular a fuga do ex-diretor pelo Paraguai e depois por meio de um jatinho, sem escalas, até a Espanha. Cerveró tem dupla cidadania, brasileira e espanhola.

fuente: Veja.com


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505