19/01/2016 09h17 - Actualizado 19/01/2016 09h17

Brasil vai encolher 3,5% en 2016 e não vai crescer em 2017, diz FMI

As previsões foram anunciadas nesta terça-feira, 19.
foto: Chip Somodevilla/Getty Images/VEJA
foto: Chip Somodevilla/Getty Images/VEJA

A economia do Brasil deve terminar 2016 com uma retração de 3,5%, segundo as projeções revisadas do Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciadas nesta terça-feira. El año pasado, o produto interno bruto (INICIO) brasileiro encolheu 3,8%, estima o Fundo. Para 2017, o FMI prevê crescimento zero.

En octubre, a previsão do Fundo era que o Brasil terminaria 2016 com retração econômica de 1%. O FMI destacou que a recessão, “provocada pela incerteza política em meio às sequelasdas investigações sobre denúncias de corrupção na Petrobras, “está demonstrando ser mais profunda e prolongada do que o esperado”.

O peso do Brasil contribui para derrubar as expectativas de crescimento em toda a América Latina, segundo o FMI. A economia da América Latina e do Caribe deve fechar 2016 com um retrocesso de 0,3%, de acordo com as previsões. En octubre, a previsão para a região era de crescimento de 0,8% este año. Para 2017, o FMI espera para a região um crescimento de 1,6%.

A projeção atual aponta que o PIB agregado da América Latina e do Caribe também registrará contração em 2016, mas com uma taxa menor que em 2015, apesar do crescimento positivo na maioria dos países da região. Isso reflete a recessão do Brasil e de outros países em dificuldades econômicas”, aponta o FMI.

en el informe, o Fundo prevê umamelhora gradualnas taxas de crescimento dos países queestão passando por tensões econômicase cita os casos de Brasil, Rússia e alguns Estados do Oriente Médio. Al mismo tiempo, sin embargo, a instituição indica quemesmo essa recuperação parcial projetada pode ser frustrada por novos choques econômicos ou políticos”.

fuente: Veja.com

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505