29/01/2016 12h35 - Actualizado 29/01/2016 12h35

Dia Mundial de Combate à Hanseníase terá mutirão de atendimento neste sábado (30)

Haverá atendimentos na Policlínica Antônio, en el este de la ciudad.
foto: revelación
foto: revelación

A Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado irão realizar um mutirão de atendimento dermatológico neste sábado, 30, na Policlínica Antônio Aleixo, localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona este, com triagem dermatológica, consultas com especialistas, teste rápido para HIV e Sífilis, além de aconselhamento pré e pós-teste. Durante toda a semana, el Municipal de Salud (sems) e a Fundação Alfredo da Mata realizaram uma série de atividades, no período de 25 un 29 de enero, para mobilizar e aumentar a prevenção, diagnóstico, educação e controle da doença.

“O último domingo de janeiro foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como “Dia Mundial de Combate a Hanseníase”, com objetivo de conscientizar a população e reafirmar o compromisso de luta contra a doença em países endêmicos”, ressaltou a secretária municipal de Saúde, acción, Lucilene Bezerra.

Todas as unidades municipais intensificaram as ações de educação e promoção da saúde, além de ampliação de oferta de exames dermatológicos para busca ativa de casos da hanseníase. No último mutirão, realizado na Cidade Nova, foram realizados 1.243 visitas, y 363 pruebas dermatológicas, 285 consultas médicas, 140 aconselhamentos, 140 testagens para Sífilis e HIV, 142 atendimentos farmacêuticos, além de palestras educativas e vacinação contra o HPV.

“Na oportunidade, três novos casos de hanseníase, 12 casos de sífilis, cinco de psoríase, um de HIV, além do diagnóstico e tratamento de inúmeras outras dermatoses, foram identificados”, ressaltou a chefe do Núcleo de Controle da Hanseníase, Eunice Idelfonso Jácome, destacando a importância desse tipo de ação.

O tema hanseníase também será inserido na quinta edição do bloco ‘Foliões da Saúde do Distrito de Saúde Rural’, que este ano terá como tema ‘Com prevençãoNão tem “zika” não!', em alusão às formas de prevenção e combate à doença. A folia irá acontecer no dia 5 Febrero, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, com a participação dos profissionais das Unidades Básicas de Saúde da zona Rural. As ações de prevenção das DST/HIV, Dengue, chikungunya, Zika, Malária e Hanseníase serão integradas na atividade.

Actualmente, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking mundial de prevalência da hanseníase e ainda registra cerca de 30 mil nuevos casos por año, sendo o segundo maior absoluto de casos do mundo. en 2014, Amazon informado 489 casos novos, sendo que somente na capital foram 207 registros. No país, a maioria dos casos detectados está nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste.

A hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica, causada pelo bacilo Mycobacterium lepra. Apresenta múltiplas formas, as quais se manifestam por diferentes tipos de lesões na pele. A característica mais importante é a perda da sensibilidade tátil, térmica ou dolorosa, quando ataca terminações nervosas livres e troncos nervosos.

O diagnóstico da doença é clínico e pode ser complementado pela pesquisa do bacilo na pele. É fundamental o reconhecimento precoce e tratamento adequado com a poliquimioterapia (PQT) para a cura da doença, sem sequelas. Medicamentos e assistência médica são fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505