según la investigación, 60% dos brasileiros aprovam uso medicinal da maconha

12/01/2016 13H29 - Actualizado 12/01/2016 13H29
foto: thinkstock

Seis em cada dez brasileiros aprovam total ou parcialmente o uso medicinal e científico do THC (TetraHidroCannabinol), princípio ativo da maconha.

É o que revela pesquisa da consultoria Hello Research realizada com 1,2 mil pessoas e divulgada em primeira mão por EXAME.com.

Paradoxalmente, quase a mesma proporção de pessoas declarou ser contra a descriminalização da maconha.

De acuerdo con la encuesta, 52% dos entrevistados compartilham dessa opinião – um número ligeiramente menor do que o registrado em maio, cuando 58% eram contrários à liberação do porte de drogas para uso pessoal.

A expectativa é de que a discussão sobre a descriminalização do porte de maconha e outras drogas continue em 2016 no Supremo Tribunal Federal (STF). Por ahora, o placar favorável à descriminalização está em 3 un 0.

En noviembre, a Justiça Federal do Distrito Federal determinou que a retirada do THC da lista de substâncias proibidas no Brasil, definida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

fuente: Exame.com


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505