• Funcionários pedem para deixar embaixadas americanas por medo de zika

    Seis funcionários pediram para deixar seus postos.
    16/02/2016 12h34 - Actualizado 16/02/2016 12h34

    Foto: Paulo Whitaker/Reuters


    Seis funcionários de embaixadas dos EUA em países que registram epidemia de zika pediram para deixar seus postos. Eles pedem para voltar aos Estados Unidos junto com outros 14 familiares, pois temem os efeitos da doença em grávidas de suas famílias.

    Segundo o governo americano, os pedidos de transferência foram registrados em países para os quais o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) emitiu alertas de viagem. A instituição recomenda que mulheres grávidas evitem nove países da América do Sul: Brasil, Bolívia, Colômbia, Ecuador, Guiana Francesa, Guayana, Paraguay, Suriname e Venezuela. Sin embargo, o Departamento de Estado não confirmou se o Brasil está entre os países afetados pela decisão.

    Fuente: Veja.com


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso