• Juro do cartão de crédito dispara e tem maior alta desde 1995

    En enero, taxa subiu 1,46% e chegou a 14,56% ao mês, segundo a Anefac.
    11/02/2016 13h35 - Actualizado 11/02/2016 13h35

    Foto: reproducción


    As taxas de juros do cartão de crédito atingiram em janeiro a maior alta desde outubro de 1995. No mês, as taxas subiram 1,46%, passando de 14,35% ao mês em dezembro para 14,56% en enero, informou nesta quinta-feira a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

    O cartão foi apenas uma das seis linhas de crédito pesquisadas pela Anefac que tiveram alta em janeiro, sendo as outras os juros do comércio, cheque especial, CDC para financiamento de veículos em bancos, empréstimo pessoal (bancos) e empréstimo pessoal (financeiras).

    En enero, as taxas de juros das operações de crédito para pessoas físicas e jurídicas subiram pelo 16º mês consecutivo. O juro médio para pessoa física subiu 0,11 ponto percentual em janeiro, para 7,67% ao mês (142,74% ao ano), a maior taxa de juros desde fevereiro de 2005.

    De acordo com a Anefac, essas elevações podem ser atribuídas ao cenário econômico, que aumenta o risco do crescimento nos índices de inadimplência, ao aumento das taxas de juros para compensar possíveis perdas com a elevação da inadimplência e ao aumento de juros futuro, motivado pela turbulência política e econômica.

    Já as taxas de juros para pessoas jurídicas tiveram uma elevação de 1,41%, passando de 4,27% ao mês em dezembro para 4,33% ao mês (66,31% ao ano) en enero, siendo, así, a maior taxa desde fevereiro de 2009.

    Veja.com


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso