22/02/2016 12H52 - Actualizado 22/02/2016 12H52

Más que 15 millones de personas tienen dinero para recibir y pueden no saber

Valor é referente ao PIS/ Pasep depositado por órgão públicos.
foto: revelación

Cerca de 15,5 milhões de pessoas talvez não saibam, mas têm dinheiro para receber do Fundo Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep), segundo estimativa é da Controladoria-Geral da União (TOS).

a 1988, as empresas e órgãos públicos depositavam dinheiro no Fundo do PIS/Pasep em nome de cada um dos seus funcionários e servidores contratados. Cada trabalhador, entonces, era dono de uma parte no fundo.

Esse direito é diferente do abono salarial, um adicional pago anualmente para quem recebe, en media, até dois salários mínimos por mês. E tem direito a receber quem trabalhou como contratado em uma empresa ou servidor público antes de 4 octubre 1988 e não sacou todos os recursos do fundo ainda.

A CGU fez uma auditoria no fundo. Entre julho de 2013 y julio 2014, ele contava com a participação de aproximadamente 31 milhões de trabalhadores inscritos e cerca de R$ 37,5 millones. Do total de participantes, 26 milhões tinham trabalhado em empresas (tinham registro no PIS) mi 5 milhões eram servidores (com registro no Pasep).

A data para receber o rendimento a cada ano varia de acordo com o número final do registro no PIS/Pasep. A data limite é 30 junio. Se o trabalhador não sacar o rendimento até esse dia, ele vai ser guardado junto com o restante de seus recursos no fundo.

Para saber se tem algo a receber, quem trabalhou antes de 1988 deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal, se trabalhava numa empresa privada ou uma agência do Banco do Brasil, se era servidor público. É preciso levar um documento com foto e informar seu número PIS ou Pasep. Se não souber, basta apresentar nome e CPF do trabalhador.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505