• Más que 900 trabalhadores atuam na limpeza da cidade

    O mutirão de limpeza está presente em vários bairros da capital.
    23/02/2016 11h20 - Actualizado 23/02/2016 11h20

    Foto: Márcio James/Semcom


    Más que 900 trabalhadores da Prefeitura de Manaus estão nas ruas da cidade realizando serviços de limpeza pública, este Martes, 23. Jardinagem, capinação, varrição, limpeza de igarapés, conscientização ambiental, corte e poda são alguns dos trabalhos realizados.

    O mutirão de limpeza avança pelo bairro Lírio do Vale (zona Oeste) e já alcança o Conjunto Augusto Montenegro. En todo, 120 trabalhadores atuam na capinação, varrição, jardinagem, coleta e remoção mecanizada de entulhos no local.

    “O mutirão tem a missão de ajudar os bairros a descartar corretamente resíduos pesados, como entulho, resto de eletrodomésticos e produtos que o coletor domiciliar não pode carregar. Acima de tudo, é um ganho sanitário para a população que, hoy, luta contra a proliferação do mosquito Aedes Aegypti”, explicou o secretário Municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias.

    O Conjunto Augusto Montenegro tem mais de 4 mil moradores e o mutirão de limpeza deve se estender por toda a semana. Desde o começo deste ano, os mutirões já passaram pelo conjunto Renato Souza Pinto I, Renato Souza Pinto II, comunidade da “Baixada Fluminense” e Campo Dourado, todos na Cidade Nova (zona Norte) e pela Praça 14 (zona Sul) e Lírio do Vale I (zona Oeste).

    Outras ações de limpeza
    A Semulsp comanda outras ações de capinação, este Martes, 23, na Avenida do Turismo (zona Oeste), região da Manaus Moderna (zona Sul), e cemitérios Nossa Senhora Aparecida (Avenida do Turismo, zona Oeste) e cemitério São Francisco, no Morro da Liberdade (zona Sul), mobilizando 142 garis.

    Nos igarapés, 50 trabalhadores da prefeitura atuam em três frentes: Manaus Moderna, Igarapé do Crespo (rua Magalhães Barata) e Comunidade Baixada da Alegria (bairro São José – zona Leste).

    Para o trabalho de jardinagem, 90 servidores se dividem em equipes para atender o bairro Amazonino Mendes (zona Norte), Avenida das Torres, Passeio do Mindú e bairro Nossa Senhora das Graças (Zona Centro-Sul).

    Varrição
    O trabalho de varrição, considerado como um dos mais importantes da limpeza pública, concentra a maioria do contingente da Semulsp. Aproximadamente 500 funcionários estão espalhados pelas ruas do Centro da cidade e Japiim (zona Sul), rotatória da rua Monsenhor Pinto, no Monte das Oliveiras (zona Norte), Manaus Moderna e Ponta Negra (zona Oeste).

    “O serviço de varrição é necessário porque retira do chão o lixo que poderia ser arrastado aos córregos e igarapés da cidade, por uma chuva ou ventos”, explicou Paulo Farias, ressaltando a importância de não se jogar o lixo no chão. “Os resíduos jogados pela população nas ruas ou sarjetas também entopem bueiros, podendo causar alagamentos”.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso