11/02/2016 09h04 - Actualizado 12/02/2016 11h53

Prefeitura e Estado alinham ações com Forças Armadas contra o Zika

No período de 13 un 18 de fevereiro mais de 11.220 pessoas vão às ruas para vistoriar 72.813 imóveis.
foto: reproducción
foto: reproducción

A força-tarefa da Prefeitura de Manaus para evitar o avanço do Zika Vírus e uma epidemia da doença na capital ganhará reforço das Forças Armadas. será 6.150 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica na guerra contra o mosquito Aedes aegypti. jueves (11), 14h, no auditório da 12a Região Militar, el alcalde de Manaus, Arthur Virgilio Neto, e o governador do Amazonas, José Melo, realizarão uma coletiva para anunciar as ações do ‘Dia de Mobilização Zika Zero’, que acontecerá de sábado, 13, hasta 18 Febrero. Más que 11.220 pessoas vão às ruas para vistoriar 72.813 imóveis na cidade e eliminar focos do mosquito.

A abertura da campanha no sábado será na UBS Gebes Medeiros, a las 8:30 am, sin Jorge Teixeira, Al este de Manaos. Em toda a cidade serão 98 pontos de concentração contra o Aedes aegypti. Profissionais de saúde que participam da ação somam 4.208.

Os militares, profissionais de saúde e voluntários irão de casa em casa verificar a existência de criadouros do mosquito e os agentes de endemias realizarão o bloqueio químico e mecânico dos focos. Serão distribuídos materiais de orientação para que a população seja a grande parceira da Prefeitura, eliminando as larvas do mosquito em água acumulada.

O último Boletim Epidemiológico divulgado pela Semsa apontou que Manaus tem 25 casos confirmados de Zika Vírus, sendo sete gestantes. Ainda esperam a confirmação da doença por laboratório 279 personas, y 40 mujeres embarazadas.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505