01/02/2016 18H51 - Actualizado 1/02/2016 18H51

Sejusc lança campanha para inibir exploração sexual de crianças e adolescentes no carnaval

O evento será na quadra da Escola de Samba Reino Unido da Liberdade .
foto: revelación

El Gobierno de Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Derechos Humanos y Ciudadanía (Sejusc), lança nesta quarta-feira, 3 Febrero, a 18h, a Campanha de Enfrentamento ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no carnaval 2016. O evento será na quadra da Escola de Samba Reino Unido da Liberdade (Alameda São Pedro, 51, Morro da Liberdade, zona en).

Com o temaBrinque o Carnaval sem brincar com os direitos da criança e do adolescente”, a ação vai acontecer nos dias 5, 6 mi 8 Febrero, durante o desfile das escolas de samba dos grupos de acesso e especial e no Carnaboi, ambos no Sambódromo de Manaus. Em parceria com o Comitê Estadual de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, Policia militar, Secretarias de Estado de Assistência Social (mares), educación (Seducción) y Salud (sésamo), Juizado da Infância e da Juventude, Prefeitura Municipal de Manaus e Conselhos Tutelares, a ação vai abordar crianças e adolescentes que estiverem desacompanhados de responsáveis e encaminhá-las ao conselho tutelar e responsabilizar os pais e/ou responsáveis, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (CEPA), além de tomar outras providências legais.

A ação inclui abordagem educativa junto à população para informar sobre os crimes de exploração sexual, suas punições e os meios de denúncia.Essa campanha é permanente, sin embargo, em épocas de festas culturais aqui e no interior são necessárias medidas mais pontuais para coibir a exploração sexual que ameaça a vida das nossas crianças e adolescentes, além é claro de informar sobre o tema para que a população nos ajude, denuncia”, explica el titular de Sejusc, gracia Prola.

A ação vai contar com o reforço do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A parceria será através do projetoViva Melhor Sabendo, joven!”, que funciona em um ônibus personalizado e operacionalizado por jovens com objetivo de informar sobre doenças sexualmente transmissíveis e fazer testes rápidos de HIV/Aids no público juvenil entre 15 mi 24 años. “Manaus e o Amazonas estão em primeiro e segundo lugares, respectivamente, em locais que despontam com mais casos novos de jovens que vivem com a doença, por eso, precisamos chamar a atenção desse público para os perigos do HIV/Aids e a necessidade de prevenção”, aclara, Prola.

Os canais de denúncia são os disques 100 mi 180 e o 190 policía militar. As denúncias, también, podem ser feitas na sede da Sejusc (calle 02 no 02, conjunto Celetramazon, barrio de Adrianópolis, -centro en el área) ou no Centro de Referência em Direitos Humanos, Adamor Guedes (rua Major Gabriel, no 1.192, plaza 14, zona en).

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505