20/03/2016 11H26 - Actualizado 21/03/2016 07h38

Senado no se detendrá juicio político, proporciona Renan

Ele disse que não tem condições de barrar, caso a Câmara dos Deputados se ponha a favor do processo.
foto: Pedro Ladeira / Folhapress

El presidente del Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), avisou a interlocutores que não tem condições de barrar o impeachment da presidente Dilma Rousseff do cargo, caso a Câmara dos Deputados se ponha a favor do processo, de acordo com reportagem publicada na edição deste domingo do jornal O Estado de S.Paulo. Renan prevê que, caso o afastamento de Dilma ganhe o aval da Câmara, haverá umaondaque certamente resultará em sua cassação. Pelo rito estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o Senado pode vetar, por mayoría simple, uma eventual decisão da Câmara favorável à abertura do processo de impeachment.

Na quarta-feira da semana passada, por 9 votos a 2, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou os recursos apresentados pela Câmara dos Deputados e referendou o rito de impeachment estabelecido pela Corte no ano passado. Em suas sessões plenárias em 16 mi 17 Diciembre, às vésperas do recesso do Judiciário, os ministros do STF haviam estabelecido que o Senado tem poderes para barrar o processo de deposição da petista e que a eleição da comissão do impeachment tem de ser aberta e sem chapa avulsa.

En el dia siguiente, a Câmara instalou a comissão especial que vai analisar o processo de impeachment. Dilma será julgada pelo crime de responsabilidade na prática das chamadas pedaladas fiscais, já condenadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), e por editar, via decreto, aumento de despesas sem o aval do Congresso Nacional, o que é proibido em lei. A explosiva delação do ex-líder do governo Delcídio do Amaral, na qual Dilma é acusada de ter conhecimento do escândalo de corrupção na Petrobras e de tentar obstruir o avanço da Lava Jato na Justiça, foi anexada às denúncias contra a petista. Jovair Arantes (PTB-GO), aliado do presidente da Casa e desafeto de Dilma, Eduardo Cunha, foi eleito para a relatoria do colegiado.

fuente: Veja.com

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505