18/03/2016 17h49 - Actualizado 18/03/2016 17h49

Vuelos cancelados por las compañías aéreas pueden ser revisadas

O anúncio foi feito durante audiência pública que discutiu a redução e o cancelamento de voos diretos para Manaus.
foto: revelación
foto: revelación

O cancelamento de voos diretos para Manaus, anunciados pelas companhias aéreas nos últimos dias, poderá ser revisto. De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, representantes das empresas de aviação ficaram de apresentar um estudo, dentro dos próximos 30 días, sobre a viabilidade da manutenção de rotas, mediante concessão de benefícios fiscais.

O anúncio foi feito durante audiência pública que discutiu a redução e o cancelamento de voos diretos para Manaus, realizada na manhã desta sexta-feira, 18, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (peligro). “Eles irão indicar o peso que o benefício fiscal concedido pelo Governo do Estado, com a redução de ICMS, poderá ter na sustentabilidade do negócio, e se será possível reestabelecer o retorno de algumas linhas aéreas”, afirmou Bernardo Monteiro de Paula.

O diretor-presidente da Manauscult anunciou, todavía, que iniciou a discussão sobre redução da alíquota do ISS (Cualquier carácter fiscal de Servicio) de todos os serviços da cadeia produtiva de manutenção das companhias aéreas como incentivo à permanência de voos diretos e atração de novos investimentos na malha viária local. “Tomamos a iniciativa de abrir mão de parte da receita gerada com serviços como catering, manutenção e demais empresas terceirizadas que atendem as companhias aéreas, porque entendemos que é um momento complexo da economia. Tomamos essa iniciativa, de forma espontânea e estamos aguardando a resposta das empresas”, afirmou Bernardo Monteiro de Paula.

A proposição foi levada pela Prefeitura de Manaus a representantes das empresas de aviação brasileiras na última quarta-feira, 16, en Sao Paulo, durante reunião realizada com o segmento e em parceria com a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur). As empresas de aviação ficaram de apresentar um estudo em cima da proposta apresentada, dentro de 30 días, indicando quais serviços seriam diretamente atingidos pela redução e qual o impacto da medida na viabilização das rotas.

O advogado André Oliveira, representante da TAM Linhas Aéreas, reportado, durante a audiência, que a medida tomada pela empresa é de suspensão de algumas rotas, de forma momentânea, em função do momento econômico que atinge o país e que a situação poderá ser revertida. “Não temos nenhum interesse em parar de oferecer os voos neste Estado. Temos a suspensão de quantidade agora, pero, tão logo o quadro econômico seja estabilizado, a normalidade voltará à rotina”, explicó.

A audiência pública foi convocada pela Comissão de Turismo e Empreendedorismo da Aleam, presidida pelo deputado Francisco Souza e contou com representantes do trade turístico como a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-AM), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AM), além da Associação Comercial do Amazonas (ACA) e do Sindicato dos Aeroviários do Amazonas (Sindamazon).

equilibrio

O diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, lembrou ainda os investimentos feitos pela Prefeitura de Manaus nos últimos três anos na parte estrutural da cidade, um dos vetores de desenvolvimento do segmento turístico. “Temos o papel de potencializar o turismo em nossa cidade e direcionamos isso de forma estratégica, com recursos próprios”, dijo.

A recuperação e ocupação do Centro Histórico da cidade, entrega da segunda etapa da Ponta Negra e do Mercado Adolpho Lisboa, dois dos pontos mais visitados pelos turistas em Manaus, bem como a revitalização da av. Eduardo Ribeiro “têm o foco muito claro de preservar e deixar a cidade atrativa para o turismo e para o cidadão”.
“É fundamental que atuemos em conjunto com o Governo do Estado para que o Turismo no Amazonas e em Manaus continue crescendo principalmente por conta dos grandes eventos como a Copa do Mundo e as Olímpiadas”, dijo.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505