29/04/2016 15h55 - Actualizado 29/04/2016 15h55

Campanha de vacinação contra gripe inicia neste sábado, en el este

A meta da Semsa é vacinar 396.970 pessoas até o dia 20 mayo.
foto: Marcelo Camargo (Agencia Brasil)
foto: Marcelo Camargo (Agencia Brasil)

O ‘Dia D’ da Campanha Nacional de Vacinação contra os vírus da Influenza (gripe) será aberto oficialmente em Manaus, às 8h30 deste sábado, 30, pelo secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Neto León. A abertura será na Unidade Básica de Saúde (UBS) Gebes Medeiros Filho, no bairro Jorge Teixeira II, en el este.

A meta da Secretaria Municipal de Saúde (sems) é vacinar 396.970 pessoas até o dia 20 mayo, quando a campanha será encerrada na capital. Quatrocentas mil doses da vacina já foram distribuídas aos cinco distritos de saúde (Disas), responsáveis pelo abastecimento dos mais de 900 postos de vacinação que estarão em funcionamento nesse ‘Dia D’.

Além das unidades de saúde do município, a vacina será oferecida em outros locais com grande circulação de pessoas, como shoppings, farmácias e supermercados. Equipes volantes também estarão atuando nas ruas para facilitar o acesso da população ao serviço de imunização. En total serán 4,5 mil profissionais de saúde envolvidos no ‘Dia D’, trabalhando entre 8h e 17h. A partir da próxima segunda-feira, 2, hasta 20 mayo, as doses serão encontradas somente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).

“Neste sábado teremos 962 postos de vacinação à disposição da população e esperamos uma grande adesão, para que possamos superar a meta mínima de vacinação da campanha, que é imunizar 80% do público alvo”, destaca Homero de Miranda Leão.

Devem receber a vacina crianças na faixa etária entre seis meses e quatro anos, 11 meses e 29 días; gestantes em qualquer idade gestacional; mulheres no puerpério (a 45 días después del parto); trabalhadores da saúde (excluindo os da área administrativa); indígenas que moram em aldeias, assistidos pelos órgãos competentes; idosos com 60 años o más; adolescentes e jovens de 12 un 18 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; e as pessoas com doenças crônicas como diabetes, cardiopatia, hepatopatia e algumas doenças neurológicas. Este último grupo deve apresentar a carteira do programa ou laudo médico, os demais devem apresentar a identidade e as crianças a carteira de vacinação.

No caso de pessoas acamadas, dentro do grupo prioritário, a Semsa irá disponibilizar a imunização na residência. O agendamento pode ser feito pelo telefone 0800-280-8280 hasta 20 mayo.

“A vacina desta campanha protege contra os vírus H1N1, H3N2 e influenza B. É constituída por vírus inativados, fracionados e purificados, por lo tanto, não contém vírus vivos e não causa a doença. Há contra indicação apenas para pessoas com alergia ao ovo de galinha e para aqueles que já apresentaram reação anafilática a doses anteriores”, explicou a chefe da Divisão de Imunização da Semsa, Isabel Hernandes, alertando também que pessoas que apresentaram quadro febril recentemente, devem se restabelecer antes de receber a dose. “A recomendação é esperar 15 dias após a cessão da febre”, subrayó.

Según el Ministerio de Salud, a influenza é um problema de saúde pública no Brasil e a principal forma de prevenção é a vacina. A infecção pode levar a complicações graves e pode oferecer risco de morte, especialmente entre os que fazem parte dos grupos de alto risco, o sea, crianças menores de cinco anos de idade, mujeres embarazadas, adultos com 60 años o más, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

A cada ano a doença pode se apresentar de forma diferente, assim como pode afetar diferentemente as pessoas. A transmissão dos vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar (transmissão direta) ou através das mãos ou objetos contaminados (transmissão indireta), quando entram em contato com mucosas (Boca, olhos, nariz).

Apesar da recomendação para adoção de medidas preventivas rotineiras, como a correta higienização das mãos de forma regular, a vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a doença e suas complicações.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505