26/04/2016 10H47 - Actualizado 26/04/2016 10H47

comité de destitución formaliza Raimundo Lira, en la oficina

O PMDB tem a maior bancada e bloco da Casa.
foto: reproducción
foto: reproducción

A comissão especial do impeachment do Senado se reúne pela primeira vez nesta terça-feira. A sessão de hoje marca o início da contagem de prazo para o julgamento do eventual afastamento da presidente Dilma. Al principio de la reunión, conforme já havia sido acertado com as lideranças da Casa, El senador Raymond Lira (PMDB-PB) foi eleito presidente do colegiado. O PMDB tem a maior bancada e bloco da Casa e tinha o direito de indicar o presidente ou o relator do grupo.

A comissão terá até dez dias para elaborar e julgar um parecer sobre a admissibilidade do pedido de impeachment, levando em conta os dois pontos que embasam a acusação contra Dilma por crime de responsabilidade: a prática de pedaladas fiscais no Plano Safra e a liberação de crédito suplementar sem aval do Congresso. Independentemente do parecer, o caso será levado ao plenário, a quem cabe, se confirmada a admissibilidade, determinar o afastamento da presidente Dilma por até 180 días. A votação do processo deve ocorrer no dia 12 mayo.

fuente: Veja.com

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505