14/04/2016 15h50 - Actualizado 14/04/2016 16H00

Pela nova ordem de votação do impeachment, o Amazonas será o oitavo Estado a votar

A ordem será de forma alfabética. Alfredo Nascimento, que é contra o impeachment, será o primeiro a votar.
foto: reproducción
foto: reproducción

Em decisão divulgada no plenário nesta quinta-feira, Presidente de la Cámara de Diputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), alterou a ordem de votação do impeachment da presidente Dilma Roussseff no domingo. Cunha agora determinou, com base no Regimento Interno da Casa, que a votação se dará de maneira alternada entre as regiões Norte e Sul, a cada dois Estados. Primeiro serão chamados parlamentares na ordem Norte/Sul e depois Sul/Norte e vice-versa. Dentro de cada Estado, todos serão convocados por ordem alfabética. A mudança se deveu por uma questão de ordem da deputada Maria do Rosário (PT-RS), que solicitou a alternância entre regiões a cada par de Estados. Antes, Cunha chamaria Todos os Estados da Região Sul, seguidos pelos do Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. A nova ordem de votação ainda deixa os parlamentares da região Nordeste, em que Dilma possui mais apoio popular e venceu as eleições de 2014, por último. Confira abaixo a nova sequência determinada por Cunha.

Pela nova ordem de votação do impeachment, Amazonas será o oitavo Estado a votar. A ordem de votação pelo estado será de forma alfabética. Alfredo Nascimento, que é contra o impeachment, será o primeiro a votar.

Roraima, Río Grande del Sur, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso del Sur, Amazonas
Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, San Pablo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espíritu Santo, Piauí, río Grande del Norte, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Bahía
Sergipe, Alagoas.

fuente: Veja.com

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505