04/04/2016 16H00 - Actualizado 4/04/2016 16H00

Amazon selección factura ocho medallas en el Campeonato Brasileño de lucha del Cadet

O time vitorioso recebeu apoio do Governo do Amazonas, a través de la Secretaría de Estado de la Juventud, Artículos deportivos (Sejel).
foto: Antonio Lima / Sejel
foto: Antonio Lima / Sejel

Com saldo positivo de oito medalhas, sendo três de ouro, dos de plata y tres de bronce, a seleção amazonense de Luta Olímpica desembarcou em Manaus na madrugada desta segunda-feira, día 04, após disputar o Campeonato Brasileiro Cadete, que aconteceu no Rio de Janeiro nos dias 1, 2 mi 3 de este mes. Para ir a la competencia, o time vitorioso recebeu apoio do Governo do Amazonas, a través de la Secretaría de Estado de la Juventud, Artículos deportivos (Sejel).

Sabrina Gama faturou uma medalha de bronze na categoria até 49kg, Tatiane Cunha foi medalha de prata na categoria até 52kg. Géssica Gama trouxe para o Amazonas duas medalhas de bronze, uma na categoria até 60kg e outra na categoria até 65kg e a conquista do lugar mais alto do pódio ficou por conta da atleta Greyce Kelly, de 17 años.

No masculino, os atletas também voltaram com as “malas” mais pesadas. Jonatas Lopes conquistou o segundo lugar na categoria até 46kg. Colecionador de medalhas, o jovem Felipe Santana, de 16 años, conquistou o segundo título consecutivo no campeonato, na categoria até 69kg. O jovem Cristian Leite, solamente 15 años, estreou no campeonato com medalha de ouro, na categoria até 63kg e não esconde a felicidade da façanha.

Foram anos de preparação e dedicação. E já na primeira vez, conquistei o primeiro lugar. Estou muito feliz por este título e sei que honrei muito o nosso Estado”, afirmou Cristian, que aguarda ansioso pela convocação da Confederação Brasileira de Lutas para representar o Brasil no Pan-Americano 2016, que será realizado no Peru, no início do segundo semestre.

Nem todos os atletas vão, são apenas os selecionados pela Confederação, mas tive um bom desempenho no campeonato e estou confiante na convocação que pode sair a qualquer momento. Será um sonho poder vestir o uniforme do Brasil”, disse Cristian.

Para Waldeci Silva, técnico que acompanhou a delegação amazonense no Campeonato, o resultado foi satisfatório. “Infelizmente fomos prejudicados pela arbitragem em alguns momentos e por esse motivo não conseguimos trazer mais medalhas, mas de um modo geral, nossos jovens atletas estão de parabéns pelo desempenho. Estamos felizes com os resultados”, finalizou o mestre.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505