Supremo convoca sessão extraordinária para analisar ações que contestam impeachment

Ministros da Corte cancelaram a reunião ordinária do plenário desta quinta para se prepararem para julgar recursos.
14/04/2016 15h31 - Actualizado 14/04/2016 15h31
foto: revelación

O Supremo Tribunal Federal (STF) convocou sessão extraordinária para às 17:30 desta quinta-feira para tratar de questionamentos relativos ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, informou a corte no Twitter. Os ministros da Corte cancelaram a reunião ordinária do plenário desta quinta para se prepararem para julgar uma ação do PCdoB que questiona a ordem de votação na sessão agendada para domingo na Câmara dos Deputados. A corte também poderá julgar outras ações que contestam o processo de afastamento da petistajá chegaram pelo menos cinco à Corte.

Diante da chance cada vez mais clara de derrota no próximo domingo, quando o plenário da Câmara dos Deputados vai decidir se acolhe a denúncia por crime de responsabilidade contra a presidente Dilma Rousseff, o advogado-geral da União (AGU) José Eduardo Cardozo recorreu nesta quinta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) com pedido para que seja anulado o processo de impeachment contra a petista. De acuerdo con el gobierno, os atos do processo de denúncia contêmvícios que impedem a sua continuidade”. ayer, Cardozo já havia rebatido a tese de que judicializar o processo de impeachment seria tentar vencer o temano tapetão”.

fuente: Veja.com


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505