31/05/2016 19h32 - Actualizado 31/05/2016 19h49

Río Negro completa debe estar por debajo de la media 2016, dice CPRM en AM

Expectativa é que as águas não ultrapassem os 27,57m. En junio, julho e agosto chuvas devem ficar dentro da normalidade.
foto: reproducción

El martes (31), o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou o terceiro e último alerta de cheia do Rio Negro em Manaus. O Sistema de Proteção da Amazônia (torrencial) e representantes da Defesa Civil também participaram da reunião. A previsão é que não ocorra uma grande cheia em 2016.

Os números divulgados pelo CPRM indicam que a cota do Rio Negro deve ficar abaixo da média. A expectativa é que as águas não ultrapassem os 27,57m.

De acordo com o primeiro Alerta de Cheia, a cota máxima do Rio Negro deveria variar entre 26,60m e 27,20m – 1,74m abaixo da cota de considerada de emergência para inundações (28,94 metros). en 2015, a cota máxima foi registrada no dia 29 junio, con 29,66 metros.

O Sipam confirma a previsão feita pelo CPRM. Nos meses de junho, julho e agosto as chuvas na Amazônia Ocidental devem ficar dentro da normalidade.

Mesmo que não ocorra uma grande cheia, a Defesa Civil de Manaus informou que vai ficar em alerta por causa das fortes chuvas e ventos, uma característica desse período de transição.

fuente:G1

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505